sábado, 1 de novembro de 2008

Bem-aventurados

Disse Jesus:
«Bem-aventurados sereis, quando, por minha causa,
vos insultarem, vos perseguirem
e, mentindo, disserem todo o mal contra vós.
Alegrai-vos e exultai,
porque é grande nos Céus a vossa recompensa».

2 comentários:

Daniela disse...

Tal como o Sr. Padre disse no domingo passado na eucaristia, esta vida e passageira todos nós iremos morrer mais tarde ou mais cedo e aí sim seremos recompensados por Deus ...

Temos de deixar de nos preocupar com os prazeres terrenos com coisas futeis de que nada nos servem apenas para nos distrair do que realmente importa: o nosso interior ...

Sim porque Deus só quer saber do nosso interior dos nossos actos e nao de quanto dinheiro quantas coisas nós temos ...

Deixemos de nos importar com coisas que no fundo nao tem importancia e procuremos nos concentrar mais no que realmente importa : o amor que damos aos outros os nossos actos e o facto de seguirmos os mandamentods de Deus e tentermos fazer a sua vontade ...

É só isto que importa realmente

...

Prazeres disse...

As bem-aventuranças são 8 ensinamentos que, de acordo com o Novo Testamento, Jesus Cristo pregou no Sermão da Montanha para ensinar e revelar aos homens a verdadeira felicidade. Segundo os ensinamentos de Cristo, nós atingimos na plenitude a nossa felicidade quando, depois da nossa morte, vivermos eternamente ao lado de Deus, fonte da vida, de toda a verdade e de toda a felicidade.

As bem-aventuranças anunciam também a vinda do Reino de Deus através da palavra e acção de Jesus, que tornam a justiça divina presente no mundo. Elas revelam também o carácter das pessoas que pertencem ao Reino de Deus, exortando as pessoas a seguir este carácter exemplar.

As bem-aventuranças nos ensinam o fim último ao qual Deus nos chama: o Reino de Deus, a visão de Deus, a participação na natureza divina, a vida eterna, a filiação divina, o repouso em Deus.